Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Terça-feira, 28.04.15

Rostos e Vidas

Estamos a chegar aos últimos dias de Abril, o que significa que a 1ª fase dos IRS está a terminar, e significa também que está na altura de começar a devolver os papeis a todos os que por aqui têm passado e confiado em mim para tratar das suas vidas.

 

Muitas destas pessoas vêm cá há cinco anos, tantos quantos aqui estou, outras foi o primeiro ano. Cada uma destas pessoas tem uma história de vida que não se resume a números e faturas de despesas, muitas têm uma vida complicada, muitas estão sós.

 

Eu tenho vindo a conhecer cada uma destas pessoas, ouço as suas angústias, tento levar algum conforto a vidas destroçadas e a situações dolorosas, tento não julgar, nem tão pouco compreender, pois como me dizia a minha professora de português do 11º ano que perdera um filho nessa altura «nunca ninguém diga que compreende se nunca passou por isso».

 

Existe em cada rosto, em cada vida uma história única, em cada papel pequenino da "reforma por viuvez" existe um casamento que terminou, mas um amor que na maior parte das vezes perdura... e eu no meio da azáfama, do corre-corre dos dias tento que em cada um dos momentos que alguém está aqui perante mim a contar-me coisas íntimas dar-lhe toda a minha atenção, tento ser um pouco de luz, ainda que nem sempre brilhe com força, pelo menos que alumie alguma da escuridão.

 

Não o faço para ser mais nem melhor do que ninguém, faço-o por gosto, porque me sinto bem a fazê-lo, porque sou assim. Não o faço apenas pelo dinheiro que recebo em troca destes serviços contabilísticos, faço-o pois sei que sou mais feliz levando este conforto aos outros, porque sei que "O que fizestes a um destes mais pequeninos foi a Mim que o fizestes».

 

Andei muito tempo em busca de uma forma de "visitação" e não encontrei nada nos meus dias que considerasse digno de o ser. Um dia perguntei-me se estes encontros com o "outro" não seriam de facto isso mesmo, uma forma de levar Deus e oferecê-lo no meu dia-a-dia a quem comigo se cruza, e percebi que talvez não seja preciso realizar nenhum feito extraordinário, talvez baste na minha simplicidade ser como sou...

 

E depois, de vez em quando, recebo destes mimos:

 

 

IMG_20150427_155310.jpg

 

Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte: nem se acende a candeia para colocar debaixo do alqueire, mas sim num lugar em que alumia todos os que estão em casa ."

MATEUS 5:14-15

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt