Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Terça-feira, 17.05.16

Como é bom ser diferente

Todos os dias somos confrontados com uma corrente que não para, é suposto deixarmo-nos ir nessa corrente para sermos sempre aceites pela sociedade. Cada vez que nos afirmamos diferentes, o melhor é fugir... ou apanhamos com os estilhaços do palpite alheio, sim aquele que nós não pedimos, mas que as pessoas insistem em dar. 

 

É muito aborrecido ser diferente, eu sei isso, o meu marido sabe e as minhas filhas estão a descobrir isso mesmo! Nós somos como os outros, mas fazemos coisas diferentes, evitamos ao máximo certas "modas", não fazemos porque toda a gente faz, não vamos porque toda a gente vai, não dizemos porque toda a gente diz e por aí fora. Aliás já por aqui devo ter falado nisso num destes 700 textos que entretanto fui aqui registando.

 

Alturas houve em que me fazia confusão ser sempre do contra, certos textos que lia e queria ir logo para a discussão, perdia tempo e mais tempo naquilo, no final ficava angustiada porque na verdade tinha sido tempo mal empregue. Há que saber o limite da nossa capacidade de argumentar, se entramos numa discussão acesa, às tantas consumimos muita energia e no fim não deu em nada... passa-se muito disto no facebook e em alguns blogues também, as pessoas são livres de dizer o que pensam e às tantas travam-se verdadeiras batalhas umas contra e outras a favor.

 

Se há coisa que este tempo na blogosfera me ensinou é que não vale a pena gastar o nosso tempo com coisitas de nada, com embirrações, com textos que só servem para levantar a polémica e alimentar ódios de estimação... eu, se sinto que alguma coisa me incomoda, prefiro escrever um email de forma privada e assim evito grandes polémicas, o resultado é muito positivo, esclarecem-se frases escritas, trocam-se ideias e as coisas tomam outro rumo. Até nestas coisas é preciso sabermos ser civilizados, porque é muito triste fazer juízos dos outros sem os conhecermos, mas mais triste ainda é atacar os outros só porque têm opiniões diferentes das nossas!

 

Quem se diz tolerante não deve "descascar" em tudo quanto é comentário... quem se diz a favor da liberdade não deve achar que sentar-se atrás de um computador lhe dá o direito de maltratar os outros... quem lê e comenta nas redes sociais não deve destilar veneno contra os que são de outra cor, de outra raça, de outro credo...

 

Enfim, tanta conversa e o que realmente eu queria escrever é que este blogue serviu para que eu crescesse muito como pessoa, ao partilhar aqui episódios da minha vida familiar, ideias e convicções e ao ler textos com outras vivências, outras partilhas, só me fez ver que é perfeitamente possível conviver com pessoas tão diferentes de mim, quer na blogosfera, quer na vida real!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assuntos Importantes:


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt