Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Segunda-feira, 11.08.14

Adopção Internacional

Este é um tema que gostaria de aqui falar sobretudo para quem muitas vezes diz que como em Portugal tudo demora imenso tempo era preferível adoptar no estrangeiro.

A Primeira coisa a saber é que Portugal tem protocolos com vários países e os casais/pessoas portuguesas só podem adoptar crianças dessa lista de países, lista essa que deixo aqui:

  • Angola
  • Brasil
  • Bulgária
  • Burkina Fazo
  • Cabo Verde
  • Chile
  • Colômbia
  • Eslováquia
  • Estónia
  • Etiópia
  • Filipinas
  • Guiné Bissau
  • Hong Kong
  • Índia
  • Letónia
  • Lituânia
  • Macau
  • Mali
  • México
  • Moçambique
  • Moldávia
  • Nepal
  • Polónia
  • República Checa
  • S. Tomé e Príncipe
  • Tailândia
  • Ucrânia

 

Sabendo que:

Cada país apresenta um conjunto de informações úteis sobre os seus requisitos e procedimentos exigidos relativamente à adopção internacional.

Esta informação é meramente indicativa e não significa que estes países tenham a obrigatoriedade de aceitar candidaturas de residentes em Portugal.

Os países são livres para decidir não só sobre se querem ou não concretizar adopções internacionais, mas também sobre os países com os quais aceitam concretizá-las.

 

Pelas minhas pesquisas este tipo de adopção é extremamente dispendiosa uma vez que é necessário efectuar deslocações, pedidos de traduções e todo um conjunto de diligências no país de origem das crianças, até mesmo a viagem da própria criança. Quem tem realmente possibilidades financeiras poderá ter aqui uma nova oportunidade!

 

Algumas questões pertinentes em:

http://www.meninosdomundo.org/web/index.php?option=com_content&view=article&id=61&Itemid=74

 

Porque é verão e há mais tempo livre... e voltando ao Extreme Makeover Home Edition, que tem episódios para todos os temas deixo aqui mais um, daqueles que merecem um grande louvor: (e lágrimas também...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 06:00


5 comentários

De ana santos a 11.08.2014 às 22:38

...e eu às vezes penso que sou uma pessoa generosa, como estou errada.

De Olívia a 12.08.2014 às 09:32

Pois, quando vemos casos assim... vemos as coisas de outra forma!
Mas cada qual faz aquilo que pode, certo?

De Teresa Power a 12.08.2014 às 11:33

Tenho na Irlanda duas sobrinhas adoptadas internacionalmente. São duas irmãs agora, uma romena e outra russa, e ambas chegaram a casa dos meus cunhados com três ou quatro anos. A sua história de adopção é linda! Agora, uma já entrou na universidade e a outra tem a idade da Clarinha. A minha família é mesmo muito internacional!

De Olívia a 12.08.2014 às 11:46

Verdade!
São família assim que nos mostram que a Deus nada é impossível e que se existe amor coisas maravilhosas acontecem!

De Priscila Soruco a 28.02.2017 às 23:59

Boa noite. Sou brasileira e gostaria de ajuda para adotar na Bulgaria e ou outro pais que seja mais rapido do que o Brasil. Obrigada

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2014

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt