Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Ainda sobre as pedras...

Não tem sido nada fácil juntar as pedras espalhadas à minha volta, eu sozinha jamais seria capaz de fazer fosse o que fosse com elas. É aqui que entra, uma das muitas coisas, que deveriam fazer-me ser diferente dos outros: eu tenho fé e confio em Deus. Na teoria é bastante simples, basta trabalhar com todo o afinco, e confiar em Deus que me ama e que nunca desiste de mim, mesmo quando eu estou no fundo do poço (é um local frio e escuro... e caio lá algumas vezes por ano).

 

Na prática, é um bocado mais complicado, deveria tornar-se um modo de vida, mas não vale a pena andar com a ilusão de esperar um dia acordar assim, é preciso prática, é preciso persistir, é preciso pedir ao Espírito Santo uma ajuda... e tentar e voltar a tentar...

 

Acho que o principal é mesmo reconhecer que as coisas não estão a correr bem, que por mais que uma pessoa queira não consegue fazer tudo.

 

Algures na semana passada voltámos a passar uma fase complicada em termos de saúde, depois veio a notícia de que ainda não teremos vaga para a Lúcia na creche em setembro pois ninguém desistiu das inscrições, mais as "obras em casa" que transformaram uma casa quase organizada num caos de mobílias por aqui e por ali, mais os afazeres domésticos que andaram meio descurados... muitas complicações no trabalho e por aí fora.

 

É normal que me tenha sentido cansada, não tenho vergonha de o admitir. E é nestas alturas que tenho de começar a desenrolar o novelo de confusões pela ponta, uma de cada vez. Admitir que existem coisas que não posso mudar, adaptar aquilo que está ao meu alcance e ir fazendo aos poucos todas as coisas pequeninas que fazem parte do meu dia. 

 

Nas questões de saúde é sempre mais complicado, mas penso que tomámos as melhores decisões. As obras são um mal necessário, quer dizer lá em casa é como um laboratório, o pai aproveita os tempos livres para aprender e para testar... mais uns tempos e já posso colocar tudo nos lugares com a vantagem de que no final tudo fica mais bonito, mais limpo e pintado de novo! As tarefas domésticas que incluem passar a ferro, e eu não gosto nada de passar a ferro porque fico com dores terríveis nas costas, levaram um grande avanço no feriado, com ajuda da Lúcia que dormiu duas grandes sestas consegui fazer muito mais do que era suposto!

 

Quanto à falta de creches para a Lúcia, e esta notícia foi difícil de gerir, porque não pensem que é fácil entreter uma criança de um ano e meio (quase) fechada numa pequena loja das nove às seis e meia, atender clientes e tentar fazer IRS e outras coisas que tais! Mas, não há mesmo volta a dar e portanto ando a tentar perceber como irei aproveitar o meu tempo durante a semana (quero começar a guardar o domingo para a família), e isso passa por dedicar-me apenas à loja e à Lúcia nos dias em que vem comigo, e dedicar-me às contabilidades nos restantes dias (3ª e 5ª), a escrita no blogue vai ficando assim mais espaçada... com muita pena minha, que gosto muito deste bocadinho.

 

Deixo aqui um até breve, e uma foto da Lúcia com o seu bibe novo, aqui na escola da mãe... agora vou lançar-me ao trabalho, porque ainda é preciso ajudar a Maria a fazer um trabalho sobre uma lenda para uma exposição e ajudar a Margarida com o trabalho sobre o outro lado do 25 de abril...

 

IMG_20170426_141141.jpg

 

 Ah, deixo também a fotografia da Margarida que ficou em 6º lugar no concurso da escola cujo tema era:

"O prazer de viajar"

 

margaridabatista2.JPG

 

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D