Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

As "catholic mum's"

Tenho aproveitado estas "férias" para ir acompanhando alguns blogues de mães católicas por essa América fora... e cheguei a uma conclusão ou duas... pronto são sete!

 

Lá nas Américas:

 

  1. As mulheres são muito mais "despachadas", assumem-se mães católicas e seguem uma linha de vivência que ninguém põe em causa... já por cá, se eu o quiser fazer sou logo apelidada de "beata"...
  2. As mães não têm receio nenhum de expor a sua vida em blogues, e nas demais redes sociais, por cá é sempre aquele drama já tão falado...
  3. Maioritariamente estas mães têm no mínimo três filhos, todos em idades próximas e são ainda bastante jovens!
  4. É normal que as mães sejam multifacetadas, elas fazem doces, compotas, refeições e mil e uma outra coisas na cozinha, elas costuram à máquina, elas fazem projetos de decoração e outras coisas artísticas... ou seja aqui a Olívia ao pé delas é assim para o "básico"...
  5. Muitas delas vestem os filhos a fazer "pandant", com roupas de marcas conhecidas (por lá), tiram fotos deles em escadinha, registam sempre fotos com roupas diferentes... lá em casa vestimos o que há, sem combinar o tom da roupa do dia seguinte!
  6. Além de serem um primor em tudo o que é lida da casa, apresentam-se sempre muito bem cuidadas, nada de calças de fato de treino e camisolas largas... pelo menos em fotos...
  7. A minha última nota vai para aquilo que a mim me faz mais confusão, elas optam por ficar em casa, vinte e quatro horas por dia, são mães, donas de casa, esposas e PROFESSORAS!!! Sim, a maioria destas mães opta pelo "homeschooling", ou seja, seguem anualmente os vários programas escolares para cada filho (imaginem eu a dar aulas de 2º e 9º ano). Pergunto eu, como conseguem? Como conseguem os filhos aprenderem as várias matérias? Como se consegue que os filhos convivam com outras crianças? Como podem as pessoas estar vinte e quatro horas por dia a fazer tudo isto durante anos e anos sem enlouquecer?

 

Eu não sei bem se gostaria de viver assim... adoro a minha casa, gosto de cuidar dela, gosto da minha família, adoro as minhas filhas e o meu marido, mas provavelmente não nasci para abarcar todas estas funções, gosto de trabalhar fora de casa, gosto de trabalhar em casa, gosto da rotina de deixar as filhas irem à escola, gosto de ouvir as novidades das horas do dia que estivemos "longe", gosto de ver os livros e cadernos para ver o que aprenderam, gosto de ajudar a preparar as tarefas, os lanches...

 

Continuarei a seguir um ou outro blogue destes, mas continuarei com a minha maneira de viver!

 

Parece que ser mãe católica portuguesa não é tão "à frente", mas por cá continuarei!

 

 

Este é o blogue Catholic all year, é só clicar na imagem!

catholic.png

 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D