Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Biblioteca da Mãe #5

De que livro poderia falar esta semana que não o livro que jamais poderá deixar indiferente quem o lê? Do livro que conta, na primeira pessoa, uma história verídica de coragem, determinação e esperança. Do livro que nos mostra que nunca se deve deixar de lutar por aquilo em que se acredita, do livro que fala da mais jovem galardoada com o Prémio Nobel da Paz?

Pois claro hoje falo-vos do livro "Eu, Malala".

Tenho 34 anos e esta grande menina é uma inspiração para mim, tudo aquilo que viveu, tudo o que presenciou, tudo aquilo em que acredita! Esta menina destacou-se pela sua coragem, porque foi educada no seio de uma família que lhe tem um amor maior do que o medo! Os valores que lhe foram incutidos fizeram dela aquilo que ela é!

Se ainda não leram este livro não percam mais tempo, este é um daqueles livros para ler, para reler, um livro para nos fazer pensar em tudo aquilo que temos como adquirido e que tantas pessoas, tantas meninas querem e não as deixam ter.

Quando esta semana fomos confrontados com tantos problemas nas nossas escolas e começámos logo a criticar, paremos um pouco e olhemos para esta menina, para quem ir à escola era aquilo que mais desejava e foi justamente a caminho da escola que a sua vida mudou e nem a maldade dos homens fez com que deixasse de acreditar na educação das mulheres do seu país!

Disse Malala corajosamente:

“Hoje podem ver que estou viva. Posso falar, posso ver-vos, posso ver-vos a todos. Estou a melhorar a cada dia. Isso é por causa das orações das pessoas. Porque todos, homens, mulheres, crianças, todos eles rezaram por mim”. “Quero servir, quero servir o povo. Quero que todas as raparigas, todas as crianças, sejam educadas”.
Primeira declaração pública durante o internamento no Reino Unido. 04/02/2013

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D