Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

De geração em geração

Diz-me a Maria esta manhã: «mãe tu tinhas um bebé loiro, e agora sou eu que brinco com ele! Era teu não era? A avó diz que sim!»

 

E realmente o boneco era meu, passou pela minha irmã, pela Margarida e agora pela Maria... provavelmente será ainda brinquedo da Lúcia!

 

Eu recordo-me de ter sido uma criança que não estragava os brinquedos, apesar de brincar bastante com eles, tinha amigas que as mães nem as deixavam abrir as caixas das bonecas e as colocavam "como novas" em cima do guarda-roupa. Lá em casa, os brinquedos sempre foram para brincar.

 

Talvez por não ter muitos, gostava de os "tratar bem", se calhar nem era por isso, bem sei que o meu marido também não tinha muitos, mas assim que recebia algum brinquedo sentia-se na obrigação de desmontar aquilo tudo para ver como funcionava, depois voltava a montar e desmontar para se entreter!

 

Fico contente de ter sido educada nesta mentalidade de não estragar propositadamente as minhas coisas, certo é que de vez em quando lá acontecia um acidente como uma ida ao cabeleireiro fazer um corte de cabelo às bonecas e depois descobrir que afinal o cabelo delas não crescia... mas tirando isso lá em casa sempre foi "regra" o reaproveitamento das roupas, dos brinquedos, dos móveis...

 

Mesmo depois de termos passado de uma época em que todos os tostões eram bem contados, para uma época em que já vivíamos melhor, sempre vivemos com esta ideia: se ainda dá para usar então usa-se! Muitos tecidos foram vestidos para mim, depois transformaram-se em saias, depois em roupas para as bonecas e por fim em panos para limpezas...

 

Quando hoje em dia se fala tanto em preservar o planeta, é bom que parte das atividades criativas que fazemos em casa passem pelo reaproveitamento de materiais que aparentemente não servem para nada, assim ensinamos aos nossos filhos que o lixo é o último local para onde devem ir algumas coisas lá em casa!

 

Projeto para férias:

 

1. Colares com "caricas", não ficarão assim tão elaborados, mas podemos sempre recortar imagens e colar no fundo!

caricas1.jpg

(imagem)

 

50-pçs-lote-46-cm-grátis-frete-meninas-crianças

 (imagem)

2 comentários

Comentar post