Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Segunda-feira, 02.02.15

Escolhidos

Até há um tempo atrás, na minha fé limitada pela cegueira humana que tantas vezes não consegue perceber a linguagem de Deus: que não é mais do que a linguagem do amor, achava eu, que Deus nos colocava em patamares, cada um com a sua vocação e bem arrumadinhos ali ficávamos nós vivendo cada dia e aproveitando bem a vida!

Ao longo da minha vida conheci muitas pessoas "iluminadas" por uma luz cristalina que reflectia este Amor maior, e não estou a falar do amor humano dos beijinhos e do romance, estou a falar do Amor - acção. Aquele amor que não deixa, quem por ele é tocado, ficar quieto e calado. Aquele amor do qual nascem verdadeiras obras, verdadeiros exemplos de vida, cada qual segundo a sua vocação.

 

Até há uns tempos atrás pensava então eu que nem todos conseguiríamos ver o verdadeiro Amor, nem ser parte dele... achava eu que a Olívia, que vive aqui nesta pequena aldeia perdida no interior podia escutar verdadeiras maravilhas, mas nunca poderia fazer parte delas, ficando apenas a observar de longe, sentindo apenas um pouco do seu calor e da sua luz...

E, eis senão quando, há um ano atrás alguém me apresentou uma outra forma de viver: a que inclui, a que participa, a que age, a que dá testemunho. Tal como a família de Nazaré que vai ao Templo apresentar o Seu menino, a família de Mogofores entrou na blogosfera e disse: Eis aqui o Senhor, Ele está connosco todos os dias, estão à espera de quê para O conhecer melhor? Talvez não tenha sido bem isto que a Teresa lá escreveu, mas foi o que senti. Sei que muitas outras famílias sentiram também o mesmo e eis que a Internet se transforma assim num "templo" onde podemos contemplar esta alegria e este Amor Maior! 

Tenho a vaga ideia de ter sido este o primeiro texto que eu li, frases tão simples e que me mostraram que existia vida para além de uma família cheia de tarefas e responsabilidades... depois li todos os textos anteriores, e fiquei na expectativa de qual seria o próximo... contudo voltei a categorizar mais uma vez as pessoas "escolhidas" e as que observam de longe!

 

Dentro de mim sempre existiu este travão que me impedia de dar o passo seguinte, então quem era eu para achar que Deus podia falar através de mim? Como podia eu, uma das pessoas mais pecadoras desta terra, falar de Deus aos outros? O mais certo era ouvir logo uma daquelas respostas tortas e afiadas... mas um dia descobri que todos somos escolhidos e que cada um é o tesouro mais precioso aos olhos de Deus... percebi que dar testemunho não é chegar e dizer eu fiz, eu sei, eu sou... mas dizer que Deus me dá as palavras, me dá a força, me dá a minha vida, é isso que tento fazer aqui neste espaço microscópico da Internet, dar o testemunho da nossa família nesta caminhada acidentada, umas vezes parece que demos um pulo para a frente, afinal foi para o lado... às vezes parece que nada do que fazemos está correcto, nada do que dissemos foi certo... outras vezes vamos deitar com a sensação de missão cumprida, dia após dia recomeçamos, desanimamos, levantamos, voltamos a cair... voltamos a tentar!

 

O segredo da felicidade deve ser: ao acordar temos uma folha em branco, e só por hoje vamos ser melhores, só por hoje vamos superar-nos, e se falharmos, amanhã teremos uma nova folha em branco para escrever, afinal Deus criou-nos à Sua imagem e semelhança e deu-nos a liberdade de voar mais alto e mais longe, basta não termos medo de falhar!

 

 

DSCF4508.JPG

 

 Obrigada meu Deus por me mostrares que é na simplicidade e na súplica que nascem verdadeiras obras de Amor! E obrigada por mais este texto que me ofereceste!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 06:00


4 comentários

De Isabel Silva a 02.02.2015 às 10:05

Olívia, fiz o retiro das famílias de Caná em Fevereiro do ano passado! Lá fomos em família, sem saber muito bem a que íamos. A minha João ia contrariada porque achava que ia ser uma seca. Chegou ao fim do dia felicíssima, tinha feito amizades e adorado o dia!
Foi um momento de viragem, tanto a nível familiar como em termos pessoais! Sinto que mudei, que cresci. mas sou tao pequenina como cristã, há tanto que caminhar, peço muitas vezes a Deus que me ajude a abrir o meu coração!

De Olívia a 03.02.2015 às 11:59

É bom sabermos para onde e com quem caminhamos! Mesmo que por vezes seja difícil!!!!

De Teresa Power a 02.02.2015 às 11:12

Querida amiga, acabo de confirmar: recebi o teu primeiro mail no dia 11 de março de 2014! Acabavas de conhecer o blog - escreveste-me um mail nesse mesmo dia ou no dia seguinte, se bem me recordo... Tu foste um dos leitores que pude acompanhar deste o primeiro dia em que descobriram o blog, pelos comentários e pelo mail que imediatamente se seguiram! Talvez tenhas aprendido um bocadinho connosco, mas nós já aprendemos tanto, tanto contigo! Sobretudo, experimento a tua amizade em cada dia, sem exceção! E tu sabes isso muito bem... Bjs grandes !Que o Senhor nos acompanhe e abençoe! Teresa

De Olívia a 03.02.2015 às 12:00

Há coisas que nos marcam para sempre e ter finalmente encontrado um rumo foi das melhores de sempre!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt