Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Domingo, 31.05.15

Feliz dia dos Irmãos!

Quem é filho único sabe bem a falta que lhe faz/fez um irmão!!! Eu soube disso até aos meus doze anos, altura em que a minha mãe voltou a ter outra filha! 

 

No início foi muito estranho, de um momento para outro tudo o que era meu... já era das duas: o meu espaço, as atenções, as coisas... confesso que demorei algum tempo a perceber a alegria que era sermos mais lá em casa!

 

PICT3904.JPG

(A minhã irmã e madrinha da Maria)

 

A partir dessa descoberta foi tudo mais simples, participei ativamente na educação da minha irmã, ajudei em tudo o que me foi pedido e ela teve experiências que os meninos da idade dela nunca tiveram, foi comigo para Lisboa ainda pequena durante uns dias, ia comigo e com o Álvaro a todo o lado, ouvia músicas de gente grande... hoje não imagino a minha vida sem a minha irmã (ainda que sejamos diferentes como o dia e a noite)!

 

Foi por isso que nunca considerei a  ideia de ter apenas um filho, pareceu-me sempre pouco, dois parecia bom, mas agora descobri que ter um irmão é dos melhores presentes que podemos dar aos nossos filhos, eles precisam de viver, aprender, embirrar, brigar, partilhar, conversar, brincar com alguém!

 

08072008153.jpg

 

DSC00313.JPG

 

DSCF1854.JPG

 

VARIAS 2011.2012 007.JPG

DSCF9780 - Cópia (3).JPG

 (As manas e o mano do pai)

 

 

DSCF9853.JPG

 

Feliz dia para todos os irmãos!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 09:30


5 comentários

De marrocoseodestino a 31.05.2015 às 11:07


Olá Olivia
Eu tenho um irmão, mas vivemos longe um do outro. Ele em Espanha e eu por cá, não foi a distancia que nos "afastou" creio que foram os feitios. Tenho pena...
Quanto à minha filha, não tem irmãos  e assim parece que vão continuar. Apesar de eu não querer que fosse filha única,a vida tem destas coisas.
Bom Domingo

De Olívia a 01.06.2015 às 09:07

É uma pena esse afastamento, mas a vida dá muitas voltas e nunca se sabe!

De BataeBatom a 31.05.2015 às 21:25

Família linda! :D
Sou 8 anos mais nova do que o meu mano e, talvez por isso, a nossa relação tem sido desprovida de conflitos. Por ser mais velho, era (e continua a ser) o meu ídolo. Lembrei-me agora de quando ele me levava à escola na sua bicicleta (eu ia sentada no quadro xD). Tempos fantásticos... 

De Olívia a 01.06.2015 às 09:08

É bom este dia dos irmãos, pelo menos leva-nos a recordar e estimar ainda mais os nossos irmãos!

De mãe de coração a 01.06.2015 às 21:08

Pois lá em casa éramos/somos 3 meninas, com idades +/- próximas, vivemos tempos muito atribulados na nossa relação enquanto crescemos. Recordo que a minha irmã mais velha (5,5 anos) só começou a falar para mim depois que saiu de casa, antes fazia uns ruídos estranhos ou berrava para eu desaparecer...a mais nova (2,5 anos) levou tareias, cabelos arrancados, mas nunca deixou de ser a minha sombra... Hoje somos mulheres e as melhores amigas, não imagino a minha vida sem elas, são um grande pedaço de mim! Por tudo isto custa-me que o meu filho seja filho único, mas ainda não perdi a esperança de um dia mudar isso!!! 

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  



Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt