Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Jovens

Como é que me passou este post nos "rascunhos"? 

 

Tanto trabalho e tanta dedicação na preparação das actividades da Jornada e não tinha tido oportunidade de fazer o registo do dia 25 de Abril.

 

O dia começou cedo e rumámos então a Fátima para as XX Jornadas, adivinhava-se um dia chuvoso, mas cheio de belas actividades para compensar o dia cinzento!

 

Depois da oração do Rosário na capelinha e da celebração da Eucaristia na rua, abençoada com chuviscos de vez em quando que deram lugar a um lindo sol no exacto momento da consagração e que durou até ao final fomos almoçar em grupo como convém nestes dias de convívio!!

 

E tal como eu havia previsto aproveitámos a hora do almoço (molhado de chuva) para cortarmos e embrulharmos as maçãs que depois foram colocadas em cestas de verga para que fosse surpresa!

 

Cada grupo tinha de trabalhar com o tema "A Palavra de Deus e...", a nós calhou-nos ..."os jovens", na nossa apresentação foi projectado um power-point:

jovens e a palavra de Deus (1).pptx

 

E para ilustrar contámos a história verídica do jovem Filipe:

 

Filipe era um jovem como tantos outros que um dia caminhava alegre pelas ruas de Paris, ao chegar a uma praça olhou e viu uma banca de vendas com livros em cima. Parou junto dela para observar e viu que não eram livros "normais", nem livros do "top", mas sim uma banca com bíblias.

 

Ao ver aquilo manifestou a sua irreverência gozando com o vendedor, dizendo que aquilo era mais velho do que tudo e que não tinha nada de útil lá escrito...

 

O vendedor pediu então a Filipe que abrisse uma das bíblias e lesse, nada perdia com isso e fazia-lhe a vontade.

 

Filipe hesitou, mas sentindo-se desafiado pegou numa e abriu ao calhas, olhou muito sério e leu para si mesmo durante um tempo. O seu rosto ficou branco como a cal, e caiu por terra segurando o livro nas mãos.

 

Sem compreender o que se passava, o vendedor aproximou-se e pegando na bíblia leu em João capítulo14 versículo 9:

Há tanto tempo que estou convosco

E ainda não me conheces Filipe?"

 

 

Esta foi a história da conversão de um jovem como tantos que conhecemos, no final concluímos com um surpresa para mostrar o quão importantes todos somos, o quão únicos somos aos olhos de Deus, não importa o que fazemos ou o que dizemos, todos somos especiais - foi a oferta que todos receberam e esperaram para que ao mesmo tempo desembrulhar- era uma Maçã cortada ao meio...

 

E eis que aberta a maçã aparece uma estrela, a estrela que nos mostra como de facto somos únicos... muitas vezes a estrela de cada um parece estar muito bem escondida!

 

Foi um momento muito bonito, com grandes exclamações de admiração e apesar das maçãs só serem distribuídas aos jovens (que não paravam de dizer "Aaaaahhh" e "Oooohhhh), até os adultos ficaram admirados e com pena de não terem também uma maçã para si, mas penso que em casa foram experimentar!

 

Todo o esforço e todo o cansaço foi assim compensado pela alegria e pela partilha!

 

---

 

Quem ainda não experimentou, perca um pouco de tempo e mostre aos filhos, sobrinhos, netos esta experiência tão interessante, basta cortar a maçã na horizontal.

 

 

 

 

DSCF6040.JPG

 

 

 

2 comentários

Comentar post