Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Sexta-feira, 10.10.14

Mãe como Maria...

...Ajuda.

"Maria conservava todas estas coisas, ponderando-as no seu coração." Lc 2,19

 

«Uma boa mãe ajuda a tomar

as decisões difíceis com liberdade...

Mas o que significa liberdade?

é claro que não é fazer tudo o que se quer.

Liberdade não significa, por assim dizer,

atirar tudo o que não gostamos

pela janela fora.

Não. Isso não é liberdade!

A liberdade é-nos dada

para que saibamos fazer boas escolhas

na vida!»

 

in Mãe como Maria - Papa Francisco

 

 

Que Deus me dê em cada dia a capacidade de guiar as minhas filhas na sua jornada, que elas entendam o verdadeiro sentido da liberdade e a usem conscientemente.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 06:00


4 comentários

De marrocoseodestino a 10.10.2014 às 09:16

Ser-se pais não é fácil. Saber o que é mais certo para um filho é difícil.
Eu e o pai da minha filha como te deves lembrar(do outro blog) temos ideias muito diferente de liberdade e nesse aspeto não abri mão e sempre lha dei. Fui criticada e ainda sou, mas apesar de lhe dar muita, porque tem merecido tenho a certeza que foi o melhor que fiz.
Costumo dizer que é mais perigoso não dar nenhuma do que dar toda. E tenho essa prova.
Claro que há casos e casos e também nós pai conhecemos os filhos e sabemos se a podemos dar ou não.
Também acredito que a educação e o que vêm em casa ajuda para tomarem as melhores decisões.
Boa semana

De Olívia a 10.10.2014 às 12:02

... sim é mesmo uma tarefa difícil, que se torna mais fácil quando ambos os pais concordam na maioria das decisões...

De Mamã a 10.10.2014 às 14:26

Sempre me disseram que «onde se cria um, criam-se dois».
Pode até ser verdade. Mas «quem dá pão, dá criação» e, aí, é tão mais difícil.
Explicar-lhes o porquê da liberdade ter limites; porque não devem dizer / fazer determinado tipo de coisas.
Em suma: ensinar-lhes as noções básicas de bem e de mal e deixá-los decidir o seu caminho, dando-lhes a liberdade de cometerem os seus próprios erros e, quando cometidos, ajudá-los a erguer-se.
Mas que pai gosta de ver um filho sofrer? Como lhes dar liberdade e, ao mesmo tempo, resistir a impor-lhes comportamentos?
Sim, que Deus me guie. Agora e sempre.

De Olívia a 10.10.2014 às 15:25

Sim, bem precisamos!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt