Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Quarta-feira, 04.05.16

Me and my car #2

Não é fácil não gostar de conduzir quando se precisa mesmo de o fazer todos os dias... já desabafei sobre isso algures neste blogue!

 

Este ano escapei-me de ir à inspeção com o carro, mas não me escapei de ir com ele à oficina na terça feira... pois é, quando regressámos da nossa alegre passeata o menino carro resolveu fazer um daqueles barulhos estranhos, sabem quais são? Sim aqueles que uma pessoa está a ouvir e a pensar que a coisa nos vai sair cara!

 

Posto isto, ao chegar à oficina e depois de diagnosticada a maleita deixo lá o carro para repararem qualquer coisa que não me lembro o nome e vou passear pela cidade, não sem antes perceber uma coisa chocante:

 

O meu carro está velho! Velho! E sem valor quase nenhum... o meu querido carro, que comprámos há três anos filhas atrás!

 

Sim, os senhores que percebem destas coisas (não sei se há lá senhoras, mas duvido) acham que 11 anos faz um carro velho! A bem dizer eles acham que um carro com 5 anos já passou da idade e não dão nada por ele... e pior: que um carro assim que sai do stand já não vale metade do que valia! Ora que coisa!

 

Eu vendo carros todos os dias, e posso assegurar que valem sempre o mesmo, aliás há anos que os vendo praticamente ao mesmo preço! E se alguém comprar um, e vir que não era bem essa a cor ou o tipo, eu troco ao mesmo preço!

 

São carros de linhas, mas são carros!!!

 

Gütermann-Pesponto-300x300.jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 09:42


5 comentários

De marrocoseodestino a 04.05.2016 às 09:59

Ouvir falar de carro faz-me arrepiar. É que me lembro do meu antigo carro que fez gastar tanto dinheiro e deu tantas dores de cabeça. E até  à ultima  http://marrocoseodestino.blogs.sapo.pt/oh-vida-cont-69378
Até os novos mal metem uma roda fora do stand o valor já desce. Uma roubalheira.
Já à muito que não compro carrinhos de linha, mas devem de ser bem mais fáceis de adquirir.  Ah e se não lhe deres uso duram uma vida


De Olívia a 04.05.2016 às 11:10

Pois mas eu preciso mesmo muito do carro... no outro dia estivemos a ver preços de carros usados, com poucos quilómetros e uma mala grande e ia-me dando uma coisinha má!!!!!!

De Catarina a 04.05.2016 às 11:05

Carros são a nossa ruína Não podemos viver sem eles mas a manutenção deixa-nos depenados. Felizmente a minha carrinha têm se portado lindamente apesar de já ter doze anos. Já sei que quando começar a dar chatices é melhor despacha-la porque depois vêm umas atrás das outras. Temos andado a ver alternativas mas acho que os carros novos são cada vez mais fracos. Se comprar um agora não acho que dure doze anos.

De Olívia a 04.05.2016 às 11:09

O problema é esse... a minha começou agora a dar os primeiros sinais, eu gosto tanto dela, mas estou a ver que se não a despachamos em breve:
1º não dão nada por ela
2º vai começar a fazer visitas à oficina frequentemente...
Eu já disse que gosto muito dela?

De Catarina a 04.05.2016 às 11:13

Bem sei o que é isso. Quando pensamos bem temos tantas memórias, as viagens que fizemos, as idas para a escola, as corridas para os médicos. Contudo chega a hora em que os arranjos começam a ser semelhantes a uma prestação de um carro novo e temos que escolher o que fazer. O certo é que os carros novos não são melhores que os mais antigos. Podem ter mais modernices mas também são mais sensíveis e não dão menos dores de cabeça.
Desejo-te boa sorte. Espero que tenha sido um problema normal e que fique arranjado por muito tempo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt