Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

O brilho do Natal

Não desaparece porque termina o tempo das festas. Não desaparece porque esse brilho das luzes bonitas e dos alegres cânticos lhe foi dado pela Páscoa. É por ela que somos diferentes. Em cada dia, em cada momento, em cada dúvida e em cada dificuldade... eu sei quem me acompanha sempre. Sempre.

 

Feitos de chão, de chuva e sonho
fora do tempo
despedaçado o que fica de nós
nas batalhas sentidas cá dentro
por isso é que eu sigo esse brilho da noite
que é estrela ou chama
olhar ou mar
e vou procurar essa luz
mas só quero lá chegar contigo

 

 

Não é fácil recomeçar ano após ano, com novos ideais, novas metas, os mesmos problemas e as mesmas limitações... começar com entusiasmo e às primeiras quedas o desânimo faz recuar mais passos do que aqueles que avanço... estou a ser exigente de mais? Estou a fazer de mim uma tabela de verificação constante?

 

feitos de tempo em mil pedaços
de escuro e luar
há uma noite que é escolhida pra ser
essa noite que se há-de guardar
por isso é que eu sigo esse brilho ou calor
que é estrela ou chama
ou tu em mim
e vou pra poder descobrir
quem é que ainda sou contigo."

 

Onde está a alegria das pequenas coisas? A surpresa do inesperado? O sentido do sacrifício? Porque é que me acontece a mim? Porque não me há de acontecer a mim? Dia após dia, o sol volta a nascer, noite após noite a lua volta a acordar... queda após queda volto a recomeçar!

 

dispo o cansaço e recomeço
mais uma vez
há um sorriso que nos salva do frio
e recolhe o que a vida desfez
se me desarmo noutro feitiço
num outro olhar
há um abrigo que não deixa morrer
quem nós somos e o que temos pra dar
por isso é que eu sigo esse brilho da noite
que és tu em mim
ou quem eu fui
e vou pra poder descobrir
quem é que ainda sou contigo"

 

A vida é um dom que me foi oferecido. A minha escolha é vivê-la à luz da Palavra de Deus, sim, continuo a ser pecadora, sim, continuo a ser pior do que muitos que não são crentes... mas só assim a minha vida faz sentido!

 

---

Letra: "Escuro e luar" de Mafalda Veiga, 1999.

a ilustrar simbolicamente a escolha de ter sempre Deus presente na minha vida. A luz que me guia na noite. O calor que aquece a minha alma gelada.

 

 

 

1 comentário

Comentar post