Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Sexta-feira, 02.01.15

O ciclo da vida

Escrevo aqui hoje a estas horas avançadas por duas razões, a primeira é que fui prendada com uma gripe ainda no ano passado e que me deixou mesmo em baixo no 1º dia do ano não conseguindo assim sequer escrever nada para publicar hoje, pensei em escrever logo de manhã quando chegasse ao trabalho, mas a manhã também não foi exactamente como planeado, esta manhã uma tarefa se impôs na minha vida: acompanhar uma tia que foi casada com o irmão do meu avô materno à sua última morada terrena, depois de 91 anos a Ti Lurdes partiu para junto de Deus!

Quantas memória nos deixou, quantas histórias nos contou, como viveu a sua vida por vezes tão dura. Viu partir os seus filhos com vinte e poucos anos... viu partir o seu marido e ainda teve coragem para viver, sozinha, a sua vida.

A cerimónia foi muito emotiva, mesmo no final ainda lhe cantaram a "Avé Maria" que ela ensaiou juntamente com mais duas pessoas amigas para cantarem no meu casamento quando entrei na Igreja. A Ti Lurdes gostava muito de mim e do Álvaro, antes de casarmos veio ter connosco e ofereceu-nos uma moldura com uma quadra escrita por ela onde mostrava justamente o quanto gostava de nós.

As pessoas da nossa paróquia cresceram e viveram sempre com esta presença amiga, esta tia de todos, sempre "rija" e bem disposta, na missa lá estava ela sempre sentada no mesmo lugar (desde sempre me lembro dela ali), a nossa paróquia hoje está triste, mas no céu certamente haverá uma grande festa! Quanto a mim, terei saudades da Ti Lurdes, sentirei a sua falta na missa, mas terei sempre a certeza, de que lá no céu ela rezará por nós!

PICT3933.JPG

 No dia do baptismo da Maria 15/08/2008, aqui está a Ti Lurdes e o Pe. João

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assuntos Importantes:

por Olívia às 11:42


2 comentários

De Marisa Milhano a 25.01.2015 às 11:36

Querida Olívia
Compreendo muito bem a vossa dor. Poucos dias depois deste post que escreveste também uma tia nossa faleceu, irmã do meu avô materno. Foi uma senhora que teve todas as doenças horriveis que se poderia ter, mas ela resistiu sempre, com muito humor e um sorriso na cara. A sua fé nunca abalou perante nada. Um exemplo como há poucos hoje em dia. Devias ter visto a felicidade que teve ao descobrir que uma descendente sua entrou em medicina "O quê? Oh, nem acredito, que alegria! Uma sobrinha-neta médica! Médica, vejam bem! Duma família tão humilde.... Louvado seja Deus!"
Infelizmente, não pudemos estar presentes no dia do velório. Estamos a 500km de distância e foi num dia de exame da faculdade...

Beijinhos para todos

P.s: Comecei (finalmente) a ler o teu blog, aos bocadinhos bebés, que ainda não tinha aqui vindo este ano, imagina só!! Perdoa-me!
P.s 2: Ainda estou em exames, por isso é mesmo aos bocadinhos....

De Olívia a 25.01.2015 às 11:53

Olá Marisa, é sempre uma alegria ter notícias tuas!
Continua a estudar, nós continuamos a rezar por ti!
Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt