Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

O Natal na escola

Ainda me recordo de algumas festas de Natal na minha escola primária! Era tudo muito simples, os teatros, as cantigas, os lanches partilhados no final cada qual levava um doce ou um salgado e um presente para trocar!

Agora as festas são mais "distantes", são num espaço grande, entramos e sentamos, vemos os meninos e saímos. Já não há convívio nem uma palavra uns aos outros. Centenas de flashes são disparados na esperança de uma recordação...

Mas não deixa de ser uma festa de Natal que certamente deu muito trabalho a preparar, horas a ensaiar e a organizar todos os meninos e os adereços de cada um. Depois chega a hora do espectáculo, abre-se a cortina e por breves minutos deixamo-nos encantar pelos nossos meninos!

Esta foi a primeira festa da primária da Mimi, e com muita pena minha os crescidos do 8º ano já não fazem festas de Natal, juntam-se no bar ouvem música e dançam... voltando aos pequeninos e falando deste ano, os professores estiveram de parabéns por duas coisas que achei fantástico!

A primeira foi a referência em todos os anos (cada ano fez uma parte juntando as várias turmas desse ano) ao presépio, a Jesus nascido em Belém e aos valores do amor e fraternidade, à alegria de descobrir a Luz que é Jesus!

A segunda foi que em vez de haver troca de presentes entre meninos foram eles que levaram um presente para entregar a duas organizações que trabalham com famílias desfavorecidas aprendendo assim a partilhar e compreendendo que há mais alegria em dar do que em receber!

Estamos a uma semana da véspera de Natal e seria tão bom se nos conseguissemos encantar pela luz que brilha da gruta de Belém, que nessa noite e no dia de Natal as nossas famílias e as nossas crianças estivessem em paz, tranquilas, com o coração "doce" e sereno! Sabemos que não é assim... sabemos que na nossa casa haverá quem esteja feliz e entusiasmado e quem não esteja assim, cabe-nos a nós sermos testemunhas e contagiarmos os que nos rodeiam com a alegria, o encanto e a luz!

 

Jesus na manjedoura.jpg