Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Os brinquedos e o campismo

Na nossa lista que nunca acabava de coisas para levar quando fossemos acampar estavam claro, os brinquedos. É importante levar algumas coisas familiares sobretudo quando se tem crianças ainda muito pequenas, pelo que o boneco de dormir encabeçava a lista. Conforme ia pesquisando e vendo testemunhos de famílias, percebi que mais importante do que levar brinquedos é incentivar à descoberta e fazer com que eles se aventurem. 

 

E, para que se possam aventurar é preciso passar aquela fase em que eles se aborrecem... exatamente porque não têm com que brincar.

 

Assim, reduzi muito a lista dos brinquedos: levámos baldes e pás, duas bonecas, alguns livros e material de pintura, levei as bolinhas de sabão, mas iam escondidas - só lhas dei no segundo dia - e foi suficiente.

 

Havia pedras grandes e pequenas, paus de várias formas, folhas secas e verdes, flores pequeninas e coloridas... caracóis escondidos nas plantas e pássaros afoitos nas vedações, lá perto andava um rebanho de cabras que se faziam anunciar com o seu chocalho, eram grandes e fofas - a Lúcia fez festinhas através da rede - e haviam dois colchões de ar onde se faziam cambalhotas e brincadeiras divertidas!

 

DSCF1484.JPG

 

 

Mais sobre a nossa aventura:

 

Dia 2

Dia 3

Dia 4