Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Pequenos passos

Caminhar sozinho a um ritmo aceitável é uma tarefa cansativa, mas de fácil execução. Uma pessoa traça um objetivo, marca um percurso e prepara-se para o desafio. Provavelmente alcançará a sua meta no tempo esperado dependendo do seu entusiasmo.

 

Caminhar em família é uma aprendizagem constante. É um para e arranca para voltar a parar, é repensar e adaptar, é ter a certeza de que provavelmente não se chega à meta, ou caso se chegue lá... já se vai atrasado. É querer fazer muitas coisas e ser interrompido, é ser surpreendido com coisas simples... é difícil.

 

Hoje é então o início da quaresma. A caminhada que tem como propósito uma preparação mais séria para a Páscoa. Já por aqui fui escrevendo algumas coisas sobre este tempo, por isso hoje venho aqui para vos incentivar a caminhar também. 

 

Ainda não pensaram como?

Não faz mal. hoje basta assinalar o dia de cinzas e participar nalguma celebração aí perto, se tal como nós, não vos for possível, não desanimem. Eis como vamos fazer: logo quando chegarmos a casa vamos queimar o ramo benzido no domingo de ramos do ano passado, com as cinzas faremos uma pequena celebração em casa junto do Canto de Oração. A celebração vamos seguir por um missal.

Depois basta procurarem inspiração para seguir em frente, aqui têm uma boa ideia.

 

Ainda não assinalaram no canto de Oração o tempo da quaresma?

Também não faz mal, nós faremos essa tarefa hoje depois do jantar - que será uma comida leve e simples - basta que, por exemplo, a cruz seja colocada em evidência, a Palavra de Deus esteja acessível a todos, uma vela para iluminar o caminho e um desenho ou frase que recorde qual o propósito da família. 

 

E qual é o propósito da família? Já definiram?

Ainda há tempo, ao jantar por exemplo conversem entre todos, nós fizemo-lo ontem, decidam o que estão dispostos a fazer na caminhada, sem esquecer todas as pessoas envolvidas. Vão abdicar de alguma coisa em termos de comida? O dinheiro que não se gasta nessas coisas para que servirá? Vão fazer um sacrifício por dia? Será oferecido por uma causa específica? Vão reorganizar o tempo? Como?

 

Se nos falta tempo, como o podemos fazer render?

Abdicando de certas coisas e sacrificando o nosso tempo pessoal podemos por exemplo dedicar mais tempo à oração em família. Por aqui iremos - finalmente - dedicar algum tempo às leituras do dia e fazer a Via Sacra às sextas feiras e domingos. Uma coisa é certa, não se pode ter tudo. Por isso teremos de fazer opções...

 

Então e que mais?

Há ainda uma coisa muito importante. Limpar o coração das coisas que nos atormentam. Como? Através do arrependimento, da confissão e do propósito de emenda. E, se tal como nós não tiverem opções de confissão periódicas e perto... vão até Fátima. Aproveitem esse tempo como um retiro familiar.

 

lent.jpg

 

Acima de tudo não deixem de viver este tempo que é a quaresma, não é preciso muito, basta um coração disposto a mudar, disposto a ser convertido... "Estou aqui Senhor, tranforma-me"

 

 

Boa caminhada a todos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post