Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

01.09.15

Rescaldo do fim de semana

Olívia

Há tempos que esperava este fim de semana, não era a data em si, mas o facto de poder começar a arrumar o quarto das meninas mais novas!

 

Assim que esteja tudo organizado coloco aqui o antes e o depois do quarto, com as obras e tudo mais... na verdade eu já sabia que este quarto teria de ser arranjado "às prestações", pois era preciso mais obras do que no da Margarida que há três anos já tinha sido arranjado... e as obras ficam a cargo do pai claro está, que as vai fazendo nos intervalos dos trabalhos que tem agendados.

 

O maior já está!

Paredes reparadas e pintadas, soalho novo aplicado e armários no sítio!

 

IMG_20150829_180821.jpg

 

Durante o dia de domingo já consegui ir levando os sacos de roupas da Maria que estavam no meio da sala para o quarto, já deu para ir separando aquilo por "inverno" e "verão" e por tamanhos...

 

As roupas da Lúcia também já estão separadas e em breve a minha mãe vai lavá-las e passá-las ao ferro! Sim ela é uma querida e já se voluntariou para essa tarefa... acho que tem saudades de cuidar das roupinhas de bebé!

 

Como era de esperar, a Maria já lá dormiu ainda com as coisas meio por arrumar, mas finalmente já tem o seu cantinho, até agora tem estado a dormir no colchão (no chão) no quarto da irmã...

 

Cheguei ao fim do dia de domingo terrivelmente cansada, entre máquinas de roupa para lavar, estender, apanhar e passar (alguma), mais as arrumações e outras coisas que temos sempre para fazer numa casa, deu para começar a organizar a maior parte da casa!

 

No final do dia senti-me imensamente grata por ter uma casa, por ter um lar, por ter segurança e liberdade para poder arranjar as coisas à minha maneira.

 

Por poder escolher as roupas que não queremos guardar, por arrumar os cobertores que nos sobram, por ter uma almofada fofinha onde deitar a cabeça, por poder tomar um banho com todo o conforto das casas de banho modernas, por ter toalhas de banho à escolha...

 

Por poder decidir o que vamos fazer para comer durante esta semana de acordo com o que temos arrumado na despensa e no frigorífico...

 

Sou ou não sou uma sortuda?

 

Quantos hoje não têm para agradecer nem um 1/10 daquilo que eu tenho?

 

Quantos?

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D