Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Quarta-feira, 07.10.15

Retomando as rotinas...

Por mais que não queiramos em tempo de férias as rotinas vão-se alterando... assim como os horários e as tarefas. Mas o "regresso às aulas" devolve-nos a simplicidade das rotinas diárias.

 

Passadas as primeiras semanas em que uma pessoa anda meio a leste com os horários das entradas e saídas da escola, com as atividades e com a adaptação ao novo horário de trabalho, eis que as rotinas se começam a retomar.

 

No sábado conseguimos parar para a nossa oração com uma certa calma, afinal é o único dia em que não há hora de deitar (mas que bem vistas as coisas a hora de deitar é quase a mesma... a ver se ninguém diz à Maria que ela acha que se deita muito mais tarde) enquanto vamos rezando o terço a Maria vai folheando a bíblia ilustrada, (é que se aos 35 anos o pensamento muitas vezes se distancia do que se reza e vai parar a tantas coisas que nos preocupam, aos 7 imagine-se!!!) e reparo que fica muito tempo numa página contemplando as imagens e provavelmente lendo alguma das frases...

 

Na segunda feira à noite, depois do terço abri o email no telemóvel, sim que eu também sou muito moderna... e li o evangelho do dia*, todos se alegraram com as palavras que comecei a ler e que não foi preciso terminar já que em coro todos as dissemos... tínhamos iniciado justamente a oração com elas «Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração e com toda a tua alma, com todas as tuas forças e com todo o teu entendimento; e ao próximo como a ti mesmo».

 

1444160260064-1295158827.jpg

 

E quem é o "teu próximo?" para isso também havia resposta... ao começar a ler as primeiras linhas a Maria dá um salto e grita "Eu sei, eu sei, eu vi essa história..." e corre em busca da bíblia e lá estava ela, a história do bom Samaritano, aquele que nem sequer tinha "obrigação", aquele que era estrangeiro... foi esse que ajudou o tal homem roubado e espancado!

 

Ser o próximo de alguém, deixar que alguém seja o meu próximo, será assim tão difícil? Provavelmente não... apenas é preciso um coração bom, que veja aquilo que muitas vezes os olhos não conseguem ver!

 

 

 

 

 

*Lucas 10,25-37

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 06:34



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt