Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!

Adotar Amar Viver

18
Abr17

Uma boa notícia


Olívia

Hoje queria partilhar aqui uma coisa boa, assim como sinal do agradecimento a todos os que se preocuparam - e preocupam - com a nossa pequena (hoje já não tão pequena) Lúcia.

 

Ontem fomos novamente ao hospital para mais uma consulta de seguimento e avaliação do desenvolvimento da Lúcia.

 

Quem convive de perto com crianças pequenas consegue ter uma noção de que coisas uma criança é capaz de fazer com um ano, por exemplo, por isso, para nós a Lúcia tem sido sempre uma menina normal, mesmo sabendo que as estatísticas não são animadoras em casos como o da Lúcia, pudemos ver que ela é muito espevitada e expressiva, tal como os outros meninos com quase um ano e meio!

 

Mais uma vez, o médico ficou bastante surpreendido com as coisas que ela já sabe, já faz e já diz. Ele e a sua colega observaram, perguntaram... mexe-se bem, usa ambas as mãos, come com a colher, come tudo, dorme bem, repete quase todas as palavras, sabe folhear livros e gosta de histórias... já subiu a escada e parece ser do tipo aventureira sem medo de nada... gosta de cantigas e de brincar com água e terra, descobriu o caixote do lixo e adora deitar tudo lá para dentro, não só anda muito bem, como corre e cai muitas vezes!

 

É um doce!

 

No final de toda a conversa, os médicos deram-nos uma grande alegria quando afirmaram que a Lúcia está muito bem e não precisa de lá voltar!

 

É tempo de darmos graças, de respirarmos fundo!

 

IMG_20151107_124002.jpgIMG_20170308_140550_693.jpg

 

 

 

 

30
Mar17

Estratégias ou experiências?


Olívia

Gerir uma família faz com que tenhamos de tomar decisões. Umas mais conscientes, outras menos, no fundo o "deixa andar" não é uma boa táctica! E, se achamos que sabemos sempre o que é melhor, depressa nos enganamos e até achamos que não faz mal mudar, que talvez tenhamos de ir tentando novas estratégias e modificando os nossos hábitos. 

 

Não existem fórmulas mágicas, nem dicas eficazes e certeiras em 100% das famílias, umas precisam mais disto outras daquilo e é assim que nascem as rotinas familiares. Às vezes uma pessoa sente-se um cientista maluco a fazer experiências, na esperança de encontrar aquilo que se chama equilíbrio... e se o encontramos durante cinco minutos não podemos esperar que dure toda a vida, estamos sempre sujeitos a interferências, a acontecimentos não planeados, a surpresas agradáveis! Na maior parte das vezes parece que o meu "laboratório" sofreu uma grande explosão e está virado de pernas para o ar!

 

Ora, eu já testei muitas teorias, muitas ideias, esperei que funcionassem comigo como parecem funcionar noutras casas e no entanto na maior parte das vezes sai tudo ao lado!

 

Eu nunca seria a pessoa que hoje sou se não tivesse constituído família. Se não tivesse que aprender a gerir a vida a dois, a três, a quatro e a cinco, se em dada altura seguisse a razão e não o coração só Deus sabe onde estaria agora! Esta foi a minha escolha, e cada escolha traz consequências, não adianta fazer de conta que  "nem quero saber", porque me importo. Importo-me com a vida que quero viver, com as pessoas com quem convivo, importo-me com os valores em que baseio a minha vida e importo-me comigo própria (às vezes nem parece).

 

Posto isto, e porque na vida nem sempre tudo é mau, decidi diversificar as atividades que fazemos em casa e em conjunto... ainda estamos a dar os primeiros passos na concretização de algumas coisas, mas não tem corrido mal, tenho esperança de que aos poucos encontremos a nossa "organização no meio do caos", porque no fundo a felicidade de cada membro da família pode ser construída com pequenas coisas, que juntas num todo poderão - um dia - refletir-se na felicidade da família!

 

 

Projeto "casa das polis" com a Maria:

IMG_20170305_153859_104.jpg

 

 

 

(Ok, no fundo eu queria ser perfeita... mas vá-se lá saber porquê, não sou...)

 

28
Mar17

Parabéns Margarida!


Olívia

DSCF0640.JPG

 

Se existem jovens com uma vida diferente, uma delas é sem dúvida a Margarida! E, ser diferente não tem de ser uma coisa má! A adolescência e a juventude são épocas plenas de conhecimento da nossa própria personalidade, procura de uma identidade e crescimento interior! Grandes mudanças, novas amizades, planos para o futuro... tudo isto é viver! Procurar ultrapassar as dificuldades, adaptar a vida às mudanças, procurar a luz no meio da escuridão!

 

Saber que não importa o que aconteça, uma coisa nunca muda: ter uma família que gosta de ti sempre presente como um porto seguro é talvez a melhor prenda que recebes em cada ano da tua vida!

 

Vive! Aprende! Luta! Conquista! Ama! Confia! Sorri! 

 

02
Mar17

fevereiro - balanço do mês


Olívia

Pois bem, fevereiro é um mês curtinho, dei conta disso há catorze anos quando decidimos casar no dia 1 de março. Era fevereiro e de repente já não era. Então e este mês, como correu?

 

Família:

Assinalámos algumas datas especiais, fomos a Tomar reunir a aldeia de Caná, tivemos as férias do carnaval e ainda deu para sair e namorar com direito a ida ao cinema e tudo! Tivemos alguns percalços de viagem no que diz respeito a coisas de saúde, mas está tudo encaminhado.

A Lúcia já diz umas coisas : mamã - paíí - vó e vô - ape (abre) - ia (Maria) - bouo (bolo) - pé e mão - ão (cão) - óó (aurora a gata) -  acá (dá cá) já tem 3 dentes em baixo e dois em cima, já descobriu como se abre a porta da loja e subiu sozinha as escadas para o 1º andar lá de casa (sim eu sei, grade precisa-se)

A Maria está muito bem nas suas aulas de guitarra, diz que faz doer os dedos, coitada! E este ano até já faz aulas de natação!

A Margarida continua empenhada nos estudos e na fotografia, a ver se manda as fotos para concurso dentro do prazo...

 

IMG_20170214_190338.jpg

 

IMG_20170225_145259_579.jpg

 

 

Casa:

Desta vez é que vai ser e estive a planear a minha limpeza/organização da casa em 30 dias que tentarei cumprir durante este mês. O meu marido gostou fundamentalmente da parte de "mandar tralha fora" e dar um ar mais acolhedor à casa e tratou de "virar" a sala de pernas para o ar, agora aquilo está num caos ainda maior, mas pelo menos desmontou parte de um móvel.

Ah, e fiz uns posters muito bonitos também!

 

mudar o mundo.jpg

 

 

 

Trabalho:

Posto isto, este mês não fiz nem metade do que devia ter feito, nas improvisei algumas coisas que me saíram melhor do que o esperado. Fevereiro é um mês que está condicionado até ao dia 15 por causa dos IVAS, este ano ainda se lembraram da validação das faturas no e-fatura pelo que foi uma correria... depois do dia vinte lá consegui reorganizar algumas coisas pendentes.

Na loja andei a fazer uma espécie de reciclagem no expositor e balcão - projeto ainda por terminar...

IMG_20170220_150112.jpg

 

 

 

Escola:

Meio de período escolar significa reunião intercalar... mais do mesmo. Uma turma desmotivada, fraca, mal educados e que não querem avançar. É pena. Mas é o que temos. Houve tempo para ajudar a Maria a fazer o frasco do dia dos namorados, a preparar a apresentação do livro com a Margarida, mais o poema para expor na biblioteca, as fatiotas do carnaval foram patrocinadas pela minha mãe (que é como quem diz reaproveitadas de 1985).

 

 

O blogue:

Tenho tentado escrever diariamente e nem sempre consigo, mas continuamos a receber as ilustres visitas das pessoas mais queridas de todo o sempre, é pequenino, mas recebe sempre bem, claro! 

 

blogue (1).png

 

 Se eu fosse uma blogger sabia como ver quais os textos mais vistos e tinha ainda de expor aqui as parcerias, mas como não sou, fica só o registo do eletrocardiograma, que é como quem diz do gráfico das visualizações e o top das leituras (é isto, certo)?

blog2.png

 

 

 

E foi assim, fevereiro já terminou. Para o fim de março há mais "balanço do mês"

Comprar sacos do lixo, devo precisar deles aos montes!!!

#limpareorganizarem30dias aqui vou eu!

desafio no Instagram 

 

 

 

25
Jan17

Primeiros dentes


Olívia

Chegaram finalmente os primeiros dentes da Lúcia, ainda que seja uma coisa normal em todas as crianças, gostava muito de deixar aqui o registo da parte engraçada desta novidade, segundo a imagem abaixo, o primeiro dente da Lúcia corresponde ao nº4 do lado esquerdo!!! O próximo deverá ser o nº2 do lado direito!!!

Esta miúda é mesmo fora de série!

 

tabela_nascimentosdentes-630x484.jpg

 

 

(volto em breve ao blogue)

 

 

 

10
Jan17

Aquele dia em que


Olívia

cancelas as subscrições do "babyCenter". 

 

Foi hoje. 

 

Na verdade, eu já não lia os emails periódicos há uns meses, talvez por não ser o primeiro bebé me sinta um bocado mais confiante, talvez ler demasiadas coisas em vez de ajudar só complica! 

 

É um misto de "eu cá me vou desenrascando" com o "obrigada pela informação", não é que aquilo seja mau, muito pelo contrário, tem conselhos e dicas bastante boas que ajudam nos primeiros tempos. Mas, uma pessoa chega ao ponto de ter mais do que fazer para andar sempre a ler os emails com dez links para outros tópicos, e neste momento confesso que a Lúcia se tem portado muito bem.

 

Ora, faz tudo o que qualquer bebé de um ano ( e dois meses) sabe fazer, eu sei que não tem dentes (ainda), mas não é grave, já anda, quer correr, brinca com os bebés a passeá-los no carrinho, sabe fazer de conta que dá o biberão, adora brincar com os tachos e as panelas pequeninas da Maria, sabe ir colocar a sua fralda no lixo (obrigada pela ideia Andreia), ri-se quando ouve alguém a rir, adora animais, raramente faz birras, come tudo, alinha nas brincadeiras das irmãs e percebe aquilo que lhe dizemos, não dá muito trabalho porque dorme duas valentes sestas (uma de manhã e outra de tarde), estou até a pensar se a mando para a creche este setembro ou só no próximo!

 

IMG_20161229_140140.jpg

 

É verdade,  sua primeira palavra foi... buáa, que queria dizer bolacha, depois disse "bolo", sim, leram bem.

Mas agora já diz "mamã" e "papá" na variante "bapá".

 

 

 

04
Jan17

Vida de mãe


Olívia

Reunião de entrega de avaliações:

 

3º Ano - Escola básica - dia 4-1-17 pelas 17.45h

9º Ano - Escola secundária- dia 4-1-17 pelas 18h

 

tempo para ir de uma escola à outra (5-10 minutos)

 

Caso para dizer que, infelizmente terei de passar rapidamente pela reunião do 3º ano , antes disso tenho de ir a casa levar a minha mãe, a Maria e a Lúcia, porque a reunião da Margarida exige que além dos pais e professores também os alunos estejam presentes uma vez que a turma está a revelar-se muito problemática. Quer isto dizer que deve demorar mais do que os habituais 30 minutos de assinaturas. É melhor adiantar o jantar quando for a casa!

 

Hoje é dia de correria!

Bem vindo 2º período, bem vindo regresso às aulas!

 

 

 

 

 

05
Nov16

Hoje é dia de festa!


Olívia

 

 

 

PicMonkey Image.jpg

 

Hoje é dia de dar graças pelo dom da vida, pela família e pela amizade.

 

Durante estes últimos dias procurei ler cada comentário que me deixaram aqui no blogue e no blogue da Teresa, cada email que recebi naqueles primeiros dias cheios de tristeza e de dúvidas, naquelas longas horas em que me senti perdida. Não há palavras para a comoção que tomou conta de mim ao reler aquelas mensagens. 

 

Hoje sou uma pessoa grata, muito grata.

 

Queria só partilhar aqui que continuamos (e continuaremos) a ir às consultas de neonatologia e que até agora o médico tem ficado verdadeiramente feliz com a evolução desta nossa menina que está muito crescida e muito traquina!

A Lúcia veio mudar a nossa vida de um forma que jamais imaginaríamos... hoje somos muito mais abencoados do que se calhar merecíamos! Obrigada a todos os que mesmo longe e anonimamente se preocupam connosco!

 

 

 

 

 

 

18
Out16

Concurso de fotografia


Olívia

sombra.JPG

 

Esta foi a fotografia que ficou em 4º lugar (em 30) no concurso anual de fotografia da nossa aldeia e foi tirada pela Margarida no ano passado. Tivemos de recorrer a fotografias antigas pois desde o fim do verão a máquina da Margarida está a fazer uma pausa, o que é pena, mas em breve deverá regressar ao ativo (espero eu).

 

Às quartas feiras à tarde, na escola, o clube de fotografia vai alargando os seus horizontes e aprendendo coisas novas. Ano após ano a escola oferece aos seus alunos uma grande variedade de "clubes" uns relacionados com desporto, outros com jornalismo, há ainda os de artes dramáticas e claro o da fotografia onde a Margarida se inscreve há uns anos!

 

Este clube tem contribuído de forma exemplar para a formação e para o desenvolvimento da Margarida, tem sido o oásis no meio de tanta exigência letiva, é aqui que ela descontrai e que se dedica a esta arte com todo o empenho e com todo o gosto. A sua professora tem sido incansável, promovendo diversas atividades e iniciativas!

 

 

 

 

 

Quem Escreve

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Aquela Fotografia

O blogue da Margarida

Também escrevo aqui

Bloco de Notas

Baú de Memórias

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D