Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!


Terça-feira, 01.03.16

Quem somos

Somos uma família católica simples, que gosta de viver no campo, numa pequena aldeia da zona centro do país.

 

Neste momento cá em casa somos cinco, eu sou a mãe Olívia tenho uma retrosaria e também sou contabilista, o pai chama-se Álvaro que trabalha na sua empresa de remodelações de imóveis, a filha mais velha é a Margarida (19), nossa filha desde 2007, depois temos a Maria (8) e a bebé que nasceu no dia 5 de novembro de 2015 e que se chama  Lúcia.

 

casamento.jpg

 imagem blogue amar.jpg

IMG_20151107_174749.jpg

Desde o nascimento da Lúcia que a nossa vida nunca mais foi a mesma, o tempo está agora muito "contado", temos mais trabalho, mais roupa para lavar e passar, mais despesas, mas muito mais alegria em casa!

 

Não há dia que não nos maravilhemos por voltar a ter um bebé em casa. São pequenos sorrisos, "bla-blas", novas descobertas... não foi fácil passar de zero para dois filhos, não foi fácil passar de dois para três filhos, mas a verdade é que o cansaço do fim de cada dia desaparece quando amanhece novamente (quer dizer depois de uma chávena XL de café!

 

Tento vir aqui todos os dias partilhar algum momento da nossa vida familiar, da nossa vida de fé, da nossa vida tal como ela é. Com todas as alegrias e tristezas de uma família normal um pouco diferente de tantas outras!

 

 ----

 

Gostamos muito de passear, gostamos de fazer coisas juntos, gostamos de fazer trabalhos manuais e estamos sempre a aprender, gostamos de ver o pai a fazer voar os seus aviões à escala, gostamos de fazer piqueniques à sombra de grandes árvores!

 

Do quintal, retirámos a relva, depois semeámos e plantámos árvores de fruto e legumes para as nossas refeições!

 

Gostamos de apanhar sol no verão e de estar à lareira no inverno!

 

DSCF0983.JPG

 

Desde o dia 24 de Maio de 2014 tornámo-nos uma Família de Caná, e desde então as nossas rotinas diárias alteraram-se para melhor. Passamos mais tempo juntos, vemos menos televisão, contamos histórias, conversamos, fazemos projetos para o futuro!

 

IMG_20150403_120551.jpg

 

Sempre que possível juntamo-nos a outras famílias em dias de retiro onde trocamos ideias, onde conversamos e onde nos divertimos sempre muito, são assim umas mini-férias e uma forma de carregar as nossas baterias, uma forma de nos irmos mantendo no rumo certo!

 

DSCF5224.JPG

 (As nossas seis bilhas, que nos ajudam na nossa caminhada)

 

Ainda temos muito para viver, muitas lições para aprender, muitas histórias para contar!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assuntos Importantes:

Terça-feira, 19.05.15

Quem somos

Somos uma família católica simples, que gosta de viver no campo, numa pequena aldeia da zona centro do país.

 

Neste momento cá em casa somos cinco, eu sou a mãe Olívia tenho uma retrosaria e também sou contabilista, o pai chama-se Álvaro que trabalha na sua empresa de remodelações de imóveis, a filha mais velha é a Margarida (20), nossa filha desde 2007, depois temos a Maria (8) e a Lúcia (18m)

 

casamento.jpg

 

 

 

 

IMG_20170307_075256.jpg

 

 

 Desde o nascimento da Lúcia que a nossa vida nunca mais foi a mesma, o tempo está agora muito "contado", temos mais trabalho, mais roupa para lavar e passar, mais despesas, mas muito mais alegria em casa! Não há dia que não nos maravilhemos por voltar a ter um bebé em casa. São pequenos sorrisos, "bla-blas", novas descobertas... não foi fácil passar de zero para dois filhos, não foi fácil passar de dois para três filhos, mas a verdade é que o cansaço do fim de cada dia desaparece quando amanhece novamente (quer dizer depois de uma chávena XL de café!

 

Tento vir aqui todos os dias partilhar algum momento da nossa vida familiar, da nossa vida de fé, da nossa vida tal como ela é. Com todas as alegrias e tristezas de uma família normal!

 

IMG_20151108_154049.jpg

 

 

Gostamos muito de passear, gostamos de fazer coisas juntos, gostamos de fazer trabalhos manuais e estamos sempre a aprender, gostamos de ver o pai a fazer voar os seus aviões à escala, gostamos de fazer piqueniques à sombra de grandes árvores!

 

Do quintal, retirámos a relva, depois semeámos e plantámos árvores de fruto e legumes para as nossas refeições!

 

Gostamos de apanhar sol no verão e de estar à lareira no inverno!

 

DSCF0983.JPG

 

Desde o dia 24 de Maio de 2014 tornámo-nos uma Família de Caná, e desde então as nossas rotinas diárias alteraram-se para melhor. Passamos mais tempo juntos, vemos menos televisão, contamos histórias, conversamos, fazemos projetos para o futuro!

 

IMG_20150403_120551.jpg

 

Sempre que possível juntamo-nos a outras famílias em dias de retiro onde trocamos ideias, onde conversamos e onde nos divertimos sempre muito, são assim umas mini-férias e uma forma de carregar as nossas baterias, uma forma de nos irmos mantendo no rumo certo!

 

DSCF5224.JPG

 (As nossas seis bilhas, que nos ajudam na nossa caminhada)

 

Ainda temos muito para viver, muitas lições para aprender, muitas histórias para contar!

 

Todos os dias aqui vamos partilhando a nossa forma de vida, afinal somos uma família normal... um pouco fora do normal!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assuntos Importantes:

Quinta-feira, 01.01.15

Ano Novo, as mudanças

Bom dia alegria, aqui estamos então em 2015... ainda bem!

A primeira grande mudança aqui neste cantinho, o nosso blogue, é que a nossa família vai ser apresentada devidamente, chega de medos, pois cá estaremos para o que der e vier!

Claro que não irei publicar aqui fotos e mais fotos, mas pelo menos deixaremos de ser: A Mãe, o Pai, a Gui e a Mimi, para sermos a Olívia, o Álvaro, a Margarida (18 anos e nossa filha desde 2008) e a Maria (nem vou dizer à Maria pois ela adora ser a Mimi 6 anos)! Isto para mim é um passo de gigante, uma mudança realmente assustadora, mas nós sabemos que inevitavelmente vamos andar sempre assim cheios de receio, por isso vamos encarar esta nova fase como um passo à frente na nossa relação com o mundo!

Aqui fica então o retrato da nossa família. Ainda que a foto não seja a melhor estes somos nós!!!

1420047403042.jpg

 (Foto da foto que está na nossa lareira)

 

Apresentada a família queremos aqui deixar este convite:

Caso alguém consiga, no meio das azáfamas destes dias encontrar um bocadinho para ir a Fátima ao encontro que a Família Católica está a preparar no sábado dia 3, basta aparecer no Paulo VI pelas 9.15 e será bem vindo, agora até já conhecem as nossas caras por isso não tenham vergonha e venham, nós estaremos lá com a nossa alegria e com o coração bem aberto para nos deixarmos encantar com a beleza do Natal (sim o Natal não acabou... ainda vai a meio), e que melhor local nos poderia acolher do que a terra de Maria, a Mãe de Jesus e nossa Mãe?

Hoje, dia em que celebramos a oitava do Natal, o dia de Santa Maria Mãe de Deus (padroeira da nossa Maria) peçamos-lhe a Sua bênção para este novo ano que começa, que saibamos sempre encontrar no nosso coração tempo para o amor, para o serviço, para a vida!

santa maria.jpg

 

 

«Nossa Senhora Auxiliadora, Mãe de Caná, Ensina-nos a fazer tudo o que Jesus nos disser»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado, 04.10.14

Retrato de Família

Gosto muito de ver/ler blogues familiares as suas peripécias, histórias, aventuras e tudo isto detalhadamente acompanhado com imensas fotografias. Já dizia o João Miguel Tavares a propósito da privacidade das famílias:

«Mas deixem-me dizer só mais uma coisa em relação à "vida privada" e ao facto de eu não dever estar a contar isto num blogue. Este blogue nasceu por várias razões, e uma das principais - digamos que está no top 3 das razões decisivas - tem a ver com um combate, chamem-lhe missionário, se quiserem, contra o desaparecimento das crianças - e, por arrasto, da família - do espaço público. Não gosto de viver num mundo de crianças com caras pixelizadas, a não ser por razões óbvias (se foram abusadas, por exemplo). Esse desaparecimento faz parte de uma mesma cultura securitária que, paradoxalmente, empurra os mais pequenos para a sombra na civilização de todos os holofotes.»

Já li este texto há dias e continuo a pensar nele. Noto a cada dia que passa que vivemos com medo, medo de tudo o que ouvimos na rádio, na televisão, coisas que se passaram do outro lado do mundo, coisas que se passaram uma única vez... 

Vivi também eu durante algum tempo com medo, medo de que a progenitora da Gui um dia me aparecesse por aqui para arranjar confusão, digamos que naquele dia em que nos cruzámos no tribunal a coisa ferveu e eu nada fiz, além da gravidez, estava avisada para não responder a provocações, mas o que me apetecia era mesmo dar-lhe uma carga de porrada daquelas mesmo grandes, enormes... se lessem os papeis do tribunal em que estava lá preto no branco o que acontecia naquela família podem crer que não me iriam criticar, e eu sou uma pessoa muito pacífica, a sério que sim.

Passado algum  tempo resolvi pensar de outra forma: eu vivo como eu quero e não tenho de estar cá com medos. Erro crasso, erro grande, enorme, gigante...

Em Maio deste ano recebi uma ameaça através de uma mensagem no facebook, aquela mulher desgraçada achou a minha página do facebook, como não sei, mas achou... deve ter ficado chocada com as duas ou três fotos que lá tinha das minhas filhas com sorrisos de orelha a orelha! Eu, por cá fiquei completamente desorientada, andei durante a hora de almoço à volta aqui dos quateirões para desanuviar e resolvi parar na GNR, expliquei o caso e garantiram-me que teria sempre apoio caso a dita senhora aqui aparecesse, mas o meu medo não era por mim pois sou mais alta e mais gorda do que ela, posso bem dar-lhe um par de estalos, o meu medo era pela Gui, pelo regresso das memórias antigas, dos receios e do estado "alerta" em que vivia nos últimos dias antes de vir para nossa casa.

Andei a investigar através do facebook e descobri onde a mulher estava a morar, ou seja usei a mesma arma dela para me situar, está bastante longe e ainda bem. Contámos à Gui e explicámos que ela nunca deixaria de ser nossa filha e que não devia ter medo, fui à escola e contei à directora, e nunca respondi à mensagem, nem responderei, apenas lhe dou o desprezo que merece. Ainda vivi aormentada durante uns tempos, depois foi passando a pouco e pouco, entretanto inspirada pela Teresa comecei este blogue para contar a minha história e partilhar as nossas aventuras familiares, deixei o facebook (o que me custou, mas também não morri por causa disso) e assim continuo a minha vida. Se me apetece colocar aqui fotos nossas? Muito, até porque as minha filhas são as mais lindas do mundo (ok, a seguir vêm os vossos) Mas por enquanto vamos continuar assim, mas um dia ganharei coragem e quando aqui chegarem terão um verdadeiro retrato de família, por enquanto fica este!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assuntos Importantes:

Quarta-feira, 09.07.14

Quem Somos?

 

Comecei este blogue inspirada pela Teresa Power que nos diz que «os dons devem ser colocados a render» esta bela frase retirada da Bíblia mostra-nos que por vezes deixamos de usar aquilo com que Deus nos presenteou... recordei-me dos vários textos que tenho escrito desde há uns anos e que nada fiz com eles, recordei-me de que me senti muito só durante o processo de construção da minha família, e decidi partilhar aqui neste espaço tão vasto aquilo que senti, as dificuldades, as alegrias, experiências que só quem viveu sabe como são.

 

Somos então uma família Pai (38 anos), Mãe (36 anos), Gui (20 anos) e Mimi (8 anos)

 

Por razões óbvias não vamos aqui colocar fotos da nossa família, mas tentamos ilustrar sempre que possível estes textos para dar um pouco mais de cor ao espaço!

 

Vivemos numa pequena aldeia rodeados de natureza! Aproveitamos sempre que possível para passarmos tempo juntos em família, tempo de qualidade, pequenas actividades em casa, no jardim (a nossa horta começa a dar frutos), ou passeios aos fins de semana (não muitos, porque infelizmente não podemos) rezamos em família e vamos à missa ao domingo.

 

A Gui adora fotografia e tem o seu espaço em As minhas magias, talvez um dia venha a fotografar para a National Geographic!

 

A Mimi adora brincar com tachos e panelas, escovas de cabeleireira e papeis e canetas...

 

O Pai remodela imóveis... e o seu hobby é o aeromodelismo;

 

A Mãe tem uma retrosaria e faz contabilidades... e o seu hobby é ler e bordar;

 

 

Somos assim uma família normal fora do vulgar!

 

 

retrato.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assuntos Importantes:


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt