Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adotar Amar Viver

Somos uma família católica que investe no tempo de família, aprendendo e ensinando, amando e vivendo com simplicidade. Somos o Álvaro e a Olívia, a Margarida, a Maria e a Lúcia!



Sexta-feira, 01.04.16

Um dia para repetir

No sábado que antecedeu a Páscoa pensei ficar em casa como costume e preparar tudo para receber a família para a grande festa, no entanto havia algo que me incomodava. E bastante.

 

Esta quaresma eu não consegui confessar-me. Noutras alturas da minha vida até nem fazia muita confusão, afinal a penitência da quaresma já dava para "tapar" a falta da confissão, mas agora, nesta fase em que me encontro senti que não podia festejar sem antes dar este passo. Aqui as confissões são apenas umas horas de um dia na quaresma e no advento. E claro que esse dia e essas horas são aqueles em que estamos a trabalhar... consegui preparar as minhas filhas com ajuda do cartaz que vi no blogue da FEM e elas foram com a minha mãe.

 

E eu?

 

Então resolvi convidar o meu marido para fazermos um mini retiro familiar nesse sábado em Fátima, estávamos em família, afastados das azáfamas e poderia confessar-me sem qualquer problema! Quando dissemos às nossas filhas elas pensaram logo que as outras famílias de Caná também iam... mas oh a desilusão afinal era só a nossa família!!!

 

Assim, combinamos ir de manhã cedo, confessávamo-nos à vez, porque um dos dois teria de ficar com as miúdas e depois seguíamos pela Via-Sacra e almoçávamos tipo piquenique no meio do prado! Ah que bom ia ser! Coube-me  a mim arranjar a merenda e logo cedinho abalámos então rumo a Fátima.

 

Pelo caminho eis que as nuvens escuras ficam cada vez mais densas e ameaça chover... o céu estava tão encoberto... que dei comigo a pensar:

 

 "ai querias ir fazer um piquenique não era? Toda contente? Iam divertir-se bastante, não era? Sabes que dia é? O dia do silêncio... reflexão... ok, menos, Olívia, menos..."

 

Ao chegarmos pegámos na tralha toda, que isto de se andar com um bebé exige logística adequada e lá fomos às confissões, enquanto dei o leite à Lúcia foi o pai e depois eu! Não esperei nada, como já ia preparada (oh se ia) foi tudo muito rápido!

 

À saída, pela rampa, por causa do carrinho, não contemplámos a fonte nem as pombinhas, mas vimos que as nuvens se abriram e por breves segundos fomos inundados com um raio de sol, até senti o coração aquecer!

 

O resto do dia não foi exatamente como planeado, o raio de sol foi-se e veio a chuva, ainda fizemos meia via sacra, mas como sabíamos de cor as estações fizemos questão de as enumerar enquanto fazíamos o percurso de regresso. Procurámos umas mesas cobertas (atrás da basílica antiga) e foi aí que almoçámos... com frio, muito frio!

 

Houve ainda tempo para nos perdermos na livraria do santuário - a ver se tiro foto das novas aquisições - e demos por terminado assim o nosso retiro, em paz e de coração limpo regressámos a casa!!!!

 

Acho que iniciámos uma nova tradição familiar, o sábado santo será passado assim de futuro!!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Olívia às 10:22


8 comentários

De Isabel Silva a 01.04.2016 às 12:54

Ai eu quero ver essas aquisições! Que optima ideia tiveste...

De Olívia a 03.04.2016 às 20:08

Tenho de tirar fotos... está para breve. prometo!

De Marisa Milhano a 01.04.2016 às 18:34

E que belo Sábado Santo! :D
Beijinhos para todos, em especial para a fofinha e ternurenta menina Lúcia! 

De Olívia a 03.04.2016 às 20:07

Obrigada! Beijinhos e bom estudo para ti!

De Familia em Movimento a 02.04.2016 às 17:44

Olá! Que este nosso comnetário vos encontre bem.
A Mimi falou-nos deste post. 
Que bom!
Esta partilha das famílias católicas potencia coisas tão boas como a que nos é aqui relatada.
Ficamos muito contentes por vos saber em retiro em Fátima em preparo da Páscoa, com tudo o que esse preparo encerra.
Excelente testemunho que é dado Olívia. Permitem? Planearam, desinstalaram-se e foram à procura do Senhor. E escrevem-no sem peias.
Lembramos sempre a passagem em que Jesus pergunta ao leproso? Só vieste tu agradecer? Os outros? Não dão glória a Deus? (Lucas 17). Vocês amiga personificam o único que foi agradecer e jesus gosta de nos sentir agradecidos. Ele perdoa mas quer que nós o queiramos.
Um beijinho amigo de todos nós.

De Olívia a 03.04.2016 às 20:07

:) Obrigada pela visita, e saibam que todas as partilhas são importantes!

De Bruxa Mimi a 03.04.2016 às 10:43

Hoje voltei a ler este post e vou comentar porque só a releitura me fez pensar em como sou sortuda em ter a igreja paroquial mesmo ao pé de casa, podendo recorrer com imensa facilidade ao Sacramento da Reconciliação. E não foi só esse pensamento que me ocorreu: também pensei que, com tanta acessibilidade, NÃO SE JUSTIFICA o tempo que às vezes deixo passar entre sentir/perceber a necessidade de me confessar e o ato de me confessar. Quando me der para "engonhar", vou ver se me lembro de que há muito boa gente que gostaria de ter a facilidade que eu tenho em aceder ao sacramento.

De Olívia a 03.04.2016 às 20:06

Olha pensa em nós... e dá graças!
Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa de temas

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Frases nossas

«Mais do que um processo judicial ou burocrático adoptar é amar uma criança e torná-la nossa filha»

Fale connosco através de

olivia.adocao@sapo.pt